domingo, 13 de maio de 2012

CANTINHO DA MÚSICA


A MÚSICA CLÁSSICA

A música clássica ou música erudita é uma linha musical que tem muitos apreciadores anônimos, porém pouco apresentada aos mais jovens, visto que entrou em declínio no meado do século XX devido a enorme aceitação da música popular e também por ser custosa a manutenção de orquestras executoras deste tipo de música.

Daí ocorreu-me fazer um breve historio desta variedade musical, bem como uma pequena visão de seus principais compositores. De início fica o alerta que não se trata de um grande compêndio nem de uma grande pesquisa e sim uma rápida visão, simples e breves pinceladas sobre o assunto.

Música clássica é o nome dado a principal variedade de música com raízes e fundamentos nas tradições da musica secular e, por principal, na religiosidade e liturgia  ocidental e que seguia diretrizes e normas preestabelecidas a partir do século XVI. É música decorrente da erudição, sem correlação ou ligação com as tradições folclóricas ou populares, sendo que o termo abrange uma gama de estilos musicais, desde os mais complexos como a fuga até os mais simples como a opereta.

A música clássica sempre foi de grande aceitação nos países europeus sendo praticamente desconhecida no Brasil até a vinda de D. João VI, tendo sido a chegada da corte portuguesa o marco e o impulso das atividades musicais no Brasil colônia, cabendo a José Mauricio Nunes Garcia o título de ser o primeiro compositor brasileiro a merecer algum destaque, embora até o século XIX falar em “música erudita brasileira” provocava risos nos europeus, visto ser uma época dominada pelos italianos, com rápidas contribuições de compositores alemães e franceses.

Coube a Villa-Lobos introduzir e consolidar a música erudita brasileira em uma época que os grandes compositores Alberto Nepomuceno e Brasílo Itiberê eram ignorados, exatamente pela “brasilidade” de suas composições. Daí em diante tivemos talentosos mestres como Francisco Mignone, Radamés Gnatalli, Guerra-Peixe, Edino Krieger e outros.

Até os dias de hoje o Brasil é um país que não tem muita afinidade com a música clássica, seja por causa de nossa formação social e histórica, seja por causa de nossa situação político-econômica, pelos que nossos melhores músicos desta área geralmente estão no exterior.

Continuaremos nas próximas atualizações, já então abordando outros aspectos da música clássica.
                                              
                                                                                        Edmundo Machado 


edmundomachado1000@gmail.com


============== 

2 comentários:

  1. Olá Edmundo! Parabéns pelo trabalho que tem feito em prol da arte. Ainda não vi em seu blog nehuma matéria sobre o pintor mineiro Alex Luizi.

    ResponderExcluir
  2. POIS É...POR INCRIVEL QUE PAREÇA NUNCA CONSEGUI CONTATO COM ALEX LUIZI PARA PODER APANHAR DETALHES E FAZER UMA BOA MATÉRIA NO BLOG.

    E É UM ARTISTA QUE GOSTO MUITO. NA MINHA COLEÇÃO DEVE TER UMAS 15 TELAS DO ALEX. MAS VAMOS AGUARDAR QUE UMA HORA ACONTECE...

    ResponderExcluir